Entrevista Cláudio Lima Filho – Julgamento da correção das contas do FGTS – Tv Record

Nosso sócio, Cláudio Lima Filho, especialista em direito do trabalho, comenta sobre o julgamento da correção das contas do FGTS, em entrevista para o programa DF no Ar da TV Record.

O Supremo Tribunal Federal (STF) deve retomar no próximo dia 13 de maio o julgamento da ação direta de inconstitucionalidade, que questiona o uso da taxa referencial (TR) como correção dos depósitos feitos no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

O rendimento do FGTS é de 3% ao ano. O fato é que a TR está defasada em relação à inflação desde 1999, ou seja, se a proposta for aprovada, provocará efeitos retroativos para aproximadamente 70 milhões de trabalhadores que tiveram as carteiras assinadas desde então.

A participação do advogado Claudio começa nos 50 minutos de jornal, confira clicando aqui.

Quem é Quem no Direito no Distrito FederalCOVID-19 e os reflexos trabalhistas nas empresas